Bolsonaro pode revogar nome social já no primeiro dia de governo

Decreto assinado pela ex-presidente Dilma Rousseff em 2016 autoriza travestis e transexuais o uso do nome social nos órgãos do serviço público federal.

Bolsonaro reafirmou em mensagem de Natal que defende restauração do sentimento familiar. (Foto: Divulgação)
Bolsonaro reafirmou em mensagem de Natal que defende restauração do sentimento familiar. (Foto: Divulgação)
Um decreto, assinado pela ex-presidente Dilma Rousseff em abril de 2016, que autoriza travestis e transexuais o uso do nome social nos órgãos do serviço público federal, como ministérios, universidades federais e empresas estatais pode ser revogado já no primeiro dia do presidente eleito Jair Bolsonaro.

Em mais uma postagem em sua conta no Twitter, Bolsonaro disse que assim que assumir vai revogar decisões tomadas em diferentes áreas que não têm beneficiado os brasileiros.

Restaurar o sentimento familiar

Também no Twitter, o presidente eleito reafirmou em mensagem de Natal que defende restauração do sentimento familiar. “Buscaremos nos próximos anos restaurar o sentimento familiar há muito desgastado em nossa sociedade”, tuitou.

Conservadores comemoram

Se depender da bancada evangélica, revogação já é certa. Em uma reunião entre deputados e pastores em Brasília, pessoas próximas do novo presidente já comemoram as perdas dos direitos de pessoas trans.

Fim do casamento do mesmo sexo?

Uma pessoa que participou dessa reunião entre pastores e deputados afirmou que articulação agora é acabar com casamento entre pessoas do mesmo sexo e que o presidente eleito não vai medir esforços para revogar resolução aprovada pelo Conselho Nacional de Justiça que autoriza cartórios de todo o Brasil realizarem casamentos do mesmo sexo.

Durante a campanha eleitoral, Jair Bolsonaro assinou documento onde promete ir contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo. (Foto: Reprodução/Instagram)
Durante a campanha eleitoral, Jair Bolsonaro assinou documento onde promete ir contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo. (Foto: Reprodução/Instagram)
Tags

Artigos relacionados

8 comentários

  1. Aff serio??
    Ja ta dando muita pinta essa maricona eu eim..
    O foco são os LGBT e as coisas mais importantes??
    So falta fazer exame todo mês em homens pra saber em quem ta dando o cool hahaha
    Q horroro! Ridículo!
    Nenhum me representa.

    1. Tem k acabar é com os padres comendo as criancinhas,e os pastores roubando dinheiro dos pobres, nunca vi um gay ou trans abusando de crianças isso é coisa de éteros dissimulados,pais que abusam de filhos,contas bancárias em nomes de igrejas para lavagem de dinheiro,já que não precisam dar conta de onde veio o dinheiro para a receita federal,tu é tão macho k nem a cara mostra .

  2. Qual o seu problema com a vida alheia ?Deixa quem quer ser homossexual ser por acaso vc gostaria q eu falasse da sua vida.Deixa os outros em paz isso é falta do que fazer e querido ele pode ter tirado os lgbts dos direitos humanos e querer acabar com o casamento gay mais enquanto a constituição não mudar querido seu comentário ainda é crime e pode ser denunciado.E olacho q Jesus falou eis que eu vos dou o meu novo mandamento amai-vos uns aos outros como eu vos tenho amado.Deus é amor não preconceito e não tente enfiar a sua religião nas outras pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar