Justiça nega indenização a casal gay que teve vídeo íntimo divulgado no Whatsapp

Homem “trocou carícias” com seu parceiro e acusa dono de quiosque de divulgar imagens.

Homem “trocou carícias” com seu parceiro e acusa dono de quiosque de divulgar imagens. (Foto: Reprodução)
Homem “trocou carícias” com seu parceiro e acusa dono de quiosque de divulgar imagens. (Foto: Reprodução)
A 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro negou pedido de indenização a um rapaz que teve vídeo íntimo divulgado pelo WhatsApp. O homem “trocou carícias” com seu parceiro, próximo a um quiosque na Ilha do Governador, e acusa o proprietário do local de ter divulgado as imagens.

Para os desembargadores, no entanto, como as carícias foram trocadas em local aberto, nada prova que tenha sido o dono do quiosque, um octogenário, o responsável pela divulgação do vídeo.

*As informações são do Jornal O Globo

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar