Centenas de pessoas participaram da 8ª Parada LGBT de Sobradinho, no DF

Edição percorreu as principais avenidas da cidade ao som de um trio elétrico. Veja fotos!

8ª edição da Parada LGBT de Sobradinho (Foto: Ernane Queiroz/Gay1)
8ª edição da Parada LGBT de Sobradinho (Foto: Ernane Queiroz/Gay1)

Centenas de pessoas participaram nesse domingo, 8 de agosto, da 8ª Parada do Orgulho LGBT de Sobradinho, no Distrito Federal. Evento teve shows de artistas locais e falas de ativistas que cobraram mais representatividades nas eleições de 2018. Confira as fotos no final da matéria.

Henrique Elias, vice presidente da ONG JUDIH-LGBT (Foto: Ernane Queiroz/Gay1)
Henrique Elias, vice presidente da ONG JUDIH-LGBT (Foto: Ernane Queiroz/Gay1)
Para o coordenador do evento e vice-presidente da JUDIH-LGBT, Henrique Elias, o objetivo é mostrar a força que eleitores LGBT tem. “Somos muitos eleitores LGBTs e temos que ter noção de quem está do nosso lado e nos apoiando”, disse.

Durante todo o evento, houve pausas na música para discursos de defesa dos direitos LGBT. Muitas faixas e cartazes pediam respeito e protestos contra o “Estatuto da Família”, aprovado em 12 de junho pela Câmara Legislativa e que exclui pessoas LGBT do conceito de famílias.

O deputado distrital Ricardo Vale (PT) (Foto: Ernane Queiroz/Gay1)
O deputado distrital Ricardo Vale (PT) (Foto: Ernane Queiroz/Gay1)

O deputado distrital Ricardo Vale (PT) participou da Parada e fez criticas a nova lei. “Salta aos olhos, de pronto, o insulto ao mais caro princípio constitucional: da igualdade e da não discriminação. Ademais, revela-se clara a ofensa ao dispositivo constitucional que reserva à União a competência exclusiva para legislar sobre direito civil”, destacou o parlamentar.

“Colocaram o Estatuto da Família como um ‘submarino’. Se os deputados progressistas tivessem percebido, esse projeto não teria passado”, protestou Vale, que destinou emenda para realizações de algumas Parada do DF.

Michel Platini presidente do Conselho Distrital dos Direitos Humanos (Foto: Ernane Queiroz/Gay1)
Michel Platini presidente do Conselho Distrital dos Direitos Humanos (Foto: Ernane Queiroz/Gay1)

Michel Platini, presidente do Conselho Distrital dos Direitos Humanos, também criticou a promulgação. “A aprovação inconstitucional do Estatuto da Família, prova que precisamos de LGBTS lá dentro [do Legislativo], lutando por nossos direitos”.

Programe-se
Veja próximas Paradas do Orgulho LGBT em Brasília

Julho
Dia 22 – Cruzeiro/Sudoeste – Feira Permanente do Cruzeiro

Agosto
Dia 05 – Gama – Estádio Bezerrão
Dia 12 – Taguatinga – Praça do Relógio
Dia 19 – Candangolândia – Praça das Bandeiras

Setembro
Dia 02 – Planaltina – Estacionamento do Ginásio de Múltiplas Funções
Dia 09 – Paranoá – Administração Regional
Dia 16 – Ceilândia – Estacionamento BRB (Centro)
Dia 30 – Itapoã – Saída do Del Lago

Tags

Artigos relacionados

1 comentário

  1. Fortalece a resposta imunológica local do corpo. Tem um efeito antioxidante. Extrair veselka. Este fungo é capaz de matar células cancerosas e afetar desastrosamente vários tumores. Tem um efeito regenerador, elimina a dor nas articulações, bem como a inflamação. parazity.info em Portugal Se conseguirem encontrar, o preço Bactefort em Portugal será muito maior, além disso, não exclui a possibilidade de comprar a falsificação. Ao adquirir Bactefort em nosso site, você recebe um desconto de -50%. Para adquirir o suficiente para solicitar, posteriormente, o gerente entrará em contato com você para responder a todas as perguntas e actualizará os dados de correio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar