Vereador pró-Crivella é acusado pela oposição de fazer gestos homofóbicos

Otoni de Paula defendeu Crivella em seu discurso e foi vaiado por uma parte da plateia que defende o impeachment. Ele deu uma banana para os espectadores.

O vereador Otoni de Paula (PSC) fez gestos homofóbicos ao fim do discurso em que defendeu o prefeito Marcelo Crivella (PRB). Olhando para David Miranda (PSOL), que é assumidamente gay, ele fez gestos considerados homofóbicos. Confira mais em http://gay1.com.br/rj

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close