The Voice Brasil tem diversidade com casal de lésbicas e gay cantando Pabllo Vittar

Gika Bacci e Renan Cavolik tiveram as cadeiras viradas no reality e estarão na próxima fase do programa da Globo.

Gika Bacci e Renan Cavolik tiveram as cadeiras viradas no reality e estarão na próxima fase do programa da Globo. (Foto: Divulgação/Globo)
Gika Bacci e Renan Cavolik tiveram as cadeiras viradas no reality e estarão na próxima fase do programa da Globo. (Foto: Divulgação/Globo)

Gika Bacci agradou muito os técnicos em sua apresentação nas Audições às Cegas. Com todas as cadeiras viradas, a cantora acabou escolhendo ficar no time de Ivete Sangalo.

Nascida em Ribeirão Preto, a cantora teve a torcida da esposa que acompanhou toda a apresentação ao lado de Tiago Laif

Gika Bacci anda de mãos dadas na Globo após apresentação no The Voice Brasil. (Foto: Reprodução/GShow)
Gika Bacci anda de mãos dadas na Globo após apresentação no The Voice Brasil. (Foto: Reprodução/GShow)
Gika teve a influência do pai para começar na música. A mãe, pianista, não concordava, mas mudou de ideia ao escutar a filha ensaiando Guns n’ Roses escondida. Gika canta em duas bandas além da carreira solo com composições próprias e sonha com as portas que o reality pode abrir.

Quem também chamou atenção foi o oitavo participante a se apresentar na quarta noite de Audição às Cegas do The Voice Brasil, Renan Cavolik conquistou uma vaga no programa com sua versão de “K.O.”, de Pabllo Vittar. Michel Teló e Carlinhos Brown viraram as cadeiras para o paulista.

Na internet, a galera curtiu muito a apresentação de Renan Cavolik, que apostou em uma versão diferenciada da música “K.O.” e garantiu sua vaga escolhendo o time Teló.

Internauras vibram com apresentação de Renan Cavolik na 'Audição às Cegas' no The Voice Brasil. (Foto: Reprodução/Instagram)
Internauras vibram com apresentação de Renan Cavolik na ‘Audição às Cegas’ no The Voice Brasil. (Foto: Reprodução/Instagram)

Aos três anos de idade, Renan já brincava de cantar, dublando as músicas que seus pais ouviam em casa. O jovem, de 24 anos, é designer gráfico e se apresenta em shows e casamentos, além de fazer sucesso na internet cantando versões pop de músicas famosas em seu canal de vídeos. Os covers já renderam milhares de visualizações e alguns fã clubes nas redes sociais!

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close