Casal gay é açoitado com 80 chibatadas em público na Indonésia

O caso aconteceu na província de Aceh, região onde vigora a lei da Sharia

Casal gay é açoitado em Aceh, na Indonésia, após serem denunciados por “sexo gay”. (Foto: Divulgação)
Casal gay é açoitado em Aceh, na Indonésia, após serem denunciados por “sexo gay”. (Foto: Divulgação)

Um casal de rapazes de 20 e 23 anos foi açoitado com 80 chibatadas cada um, em praça pública, como forma de punição por terem sido denunciados por praticas sexuais com pessoas do mesmo sexo na província de Aceh, na Indonésia.

A cena, considerada um espetáculo pelos moradores locais, foi assistida por cerca de mil pessoas, que gritavam pedindo para as autoridades “açoitá-los com mais força”.

Embora a Indonésia não considere a homossexualidade crime, o governo de Aceh, um território indonésio especial localizado na ilha de Sumatra, regido pela lei da Sharia, costuma punir pessoas pegas ou denunciadas praticando relações com outras pessoas do mesmo sexo com flagelação em público.

No total, cerca de 15 pessoas foram capturadas e punidas pelo “comportamento inadequado”, que viola as leis da região, sendo que o casal foi punido por manter relação homoerótica e recebeu a maior quantidade de chibatadas, enquanto os demais, incluindo mulheres, foram açoitados por “comportamento adúltero” ou por ingerirem bebida alcoólica.

Essa não é a primeira vez que o governo de Aceh pune pessoas LGBT em público com as chibatadas. Já há alguns anos, a região tem sido notícia na imprensa internacional por sua postura intransigente à diversidade sexual e por não respeitar a identidade de gêneros de pessoas trans.

A repetição dos atos fez com que a entidade Human Rights Watch emitisse uma nota pública de repúdio contra a prática, fato que levou o governo local a se comprometer em pôr um fim a esse tipo de punição, mas, pelo visto, ela continua ativa.

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar