Casamento gay português é aceito por igreja no Brasil


Consulado português não os queria casar, e depois não lhes davam a certidão. Mas Daniel e Alexandre conseguiram e são os primeiros no país a celebrar união na igreja luterana.

O luso-brasileiro Daniel Moraes e o marido, o brasileiro Alexandre Bahia, cujo casamento civil foi celebrado, a duras penas, num consulado português no Brasil, vão casar religiosamente na igreja luterana brasileira, dia 30 de Julho. "Isto nunca aconteceu no continente sul-americano. Vai ter uma grande implicação", diz Daniel.

Mas não é só nisso que ele e Alexandre querem ser pioneiros: "A seguir vamos intentar uma acção para reconhecimento do nosso casamento, para chegar ao Supremo Tribunal Federal.



 
Encontre-nos no Google+